Priscila Ferraz presa no trânsito…

Vou voltar homempriscila-blog

Presa num engarrafamento em São Paulo nada mais me restava a não ser me conformar como sempre e ouvir uma música no rádio. Aliás, já percebi que a coisa que mais incomoda no trânsito parado é a premência de chegar a algum compromisso, portanto, procuro marcar os meus com bastante folga e não me estresso mais.

Escutei uma música muito simpática, americana, cuja letra, segundo presumi, dizia que a garota voltaria na próxima encarnação como homem. Era meio fraquinha, mas a ideia muito interessante para se divagar.

Que motivos levariam uma mulher a querer voltar na forma de homem? Vários, com certeza. Penso que os homens levam a vida mais levemente, não veem pequenos problemas, e, quando os veem, não se incomodam muito, por exemplo: são raros os que se perturbam com toalhas molhadas jogadas juntamente com suas cuecas no chão do banheiro ou com o jornal todo bagunçado. Já viu algum que percebe que os guardanapos não combinam com a toalha? Também nem ligam se a toalha é de tecido ordinário quando poderia ser de linho.

O que mais me encanta em sua maneira de viver é a franqueza. Não têm o mínimo pudor de mandar os outros pra tudo quanto é canto e sair andando, sem nenhum ressentimento. Hoje, as mulheres também mandam, mas carregam consigo mágoas eternas, com certeza vão ter um ataque de mulherice chorando baldes dentro do banheiro para que ninguém perceba sua fraqueza. Pior ainda, sentem-se aviltadas por tentarem se equiparar aos homens em suas malcriações, sem ter as bolas necessárias para isso.

Fico realmente encantada por ver que os homens, quando jogam, brigam e discutem e saem do campo ou da quadra como os mesmos grandes amigos que eram antes das partidas ou jogos, e vão comemorar a vida tomando uma cerveja. Já as mulheres sorriem meio amarelo e se chamam de “querida”, mas o ressentimento está calado no mais fundo de sua alma.

A simplicidade também habita os seus bagunçados armários, onde têm pelo menos uma calça jeans e uma “arrumada”, um tênis para esportes e um para “sair” e um sapato preto que combina com tudo — tudo isso tem, no máximo, um salto de dois centímetros de altura — camisa branca ou azul claro e umas camisetas do tipo “quanto mais velha melhor”.

As unhas são cortadas com Trim no farol e já estão “feitas”, os cabelos cortados uma vez a cada dois meses e já estão prontos para qualquer ocasião. Maquiagem, nem pensar. A limpeza de pele também é feita no farol, no espelho retrovisor.

Pensando nas salas de tortura que são os salões de cabeleireiro, sinto muita inveja deles.

Quando imagino uma escala de cinquenta tons de cinza entre o branco e o preto, que seria a distância entre ser mulher e ser homem, eu ficaria com certeza num tom grafite. Nunca me imagino sair chorando e correndo de alguma situação. Sempre gostei muito mais de brincar com os meninos na rua do que com as meninas, nem tinha boneca, aliás.

Sim, ser homem deve ser muito bom, mas eu não trocaria de gênero nem a pau. Ser mulher é demais, ainda mais se já se tem experiência suficiente para se saber o que isso significa: Poderosas!!! Temos o dom de criar a vida!

Tem uma mocinha que conheço que daqui a poucos minutos vai se transformar numa mulher, numa guerreira, numa fera pronta para atacar e defender seu tesouro mais precioso. Não queria estar na linha de fogo, ainda bem que sou sua correligionária.

Tchau! Estou indo para a maternidade ver minha neta, minha Helena que já vai nascer.

Esse post foi publicado em Expressão livre: textos dos leitores. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Priscila Ferraz presa no trânsito…

  1. luiza maria soaes disse:

    Vida feliz e longa para ela!!! Felicidades à mamãe e à vovó !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s