iecc-memórias – CLXXXIX – 1912: política ou Educação ?

O jornal OESP, na sua edição de 21/11/1912 , publicou três colunas na página 5, que eu intitularia “Uma longa carta de Cyridião Buarque na coluna Escola Normal Federal.

Naquele espaço,  o nobre lente da Escola normal da Capital,  expõe detalhadamente sobre como aprender a ensinar a mesma disciplina  nos graus primário, secundário e superior e coloca a posição especial do professor do ensino público, com atuações muito variadas, onde  prevalece a ideia que  não existe a necessidade de « se preparar » o mestre, ideia generalizada como absolutista, contrária ao nosso professor,; no entanto sabe-se  que os legisladores trabalham a fim de enviar às novas escolas pessoas sem a devida formação para ensinar.

Contra a federação (grifo meu) do ensino nas Escolas normais, Cyridião Buarque pretende uma autonomia dos estados, cujos problemas diferem por diversas razões.

Política ou Educação ?

Eis a questão.

Dotar o país com a educação centralizada e uma massa de analfabetos, ou, orientando a educação por vias competentes, como excele o deputadoMiguel Calmon ?

Anúncios
Esse post foi publicado em Publicações do jornal 0ESP desde 1894 sobre o IE Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s