iecc-memórias – CCXXXV- 1914 – Quem ia concorrer às vagas no ensino estadual, era examinado pelos mestre da Escola Normal da Praça, que alguns chamam Escola Caetano de Campos.

 

19 e 21/02/1914(OESP)

 

De ordem do doutor Oscar Thompson, Diretor da Escola Normal da Capital, faço público para o conhecimento dos interessados, que o concurso para provimento da cadeira de Física e Química, História Natural com aplicação na Agricultura e na Zootecnia da Escola Normal de Botucatu começará no dia 26 do corrente mes, às 7 horas da noite, no Salão Nobre da Escola.

 

São Paulo, 18-11-1914

Francisco Eugenio de Toledo

O secretário

1895- Alunas no antigo anfiteatro_1895

O salão nobre da Escola Normal da Praça, em 1895, 19 anos antes do concurso em questão.

Ficava na parte central do edifício, até a sua demolição para a reforma que incorporou o teatro que temos até hoje, no prédio onde funciona a Secretaria da Educação atualmente.

Além das cerimônias oficiais, era ali que os trabalhos manuais, masculinos e femininos deviam ser expostos nas festas escolares de fim-de-ano.

Quanto aos exames, eram de ordem escrita e oral, estes feitos publicamente.

A elaboração das provas ficava ao critério dos professores e os pontos eram sorteados antes da distribuição das questões.

Em alguns momentos houve indicações, houve tentativa de “marmelada” e também provas honestas.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Publicações do jornal 0ESP desde 1894 sobre o IE Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s