iecc-memórias – CCLIX – Relatório do Professor Ugo Pizzoli

19/07/14(OESP)

                                                       0dd4b45491  (
http://www.aspi.unimib.)

Relatório do Professor Ugo Pizzoli(resumo)
(Apresentado ao sr. dr. secretário do Interior sobre os trabalhos intermediários de Pedagogia Experimental levados a cabo de 15 de junho a 15 do corrente na EN Secundária, que dá a medida exata do conhecimento do professor Pizzoli.)

“Exmo. Sr. Secretário do Estado, dos Negócios do Interior:
Prouve a v. exa., uma vez que me achava nesta capital, confiar-me o honroso encargo de no prazo de um mês, de 15 de junho a 15 de julho,fazer um curso de Pedagogia Científica destinado especialmente aos professores de pedagogia, inspetores escolares e diretores de grupos, pelo que julgo de meu dever, apresentar a v. exa.um relatório circunstanciado desse serviço onde se encontrarão critérios dos quais me parecerem poderem ser colhidos de vários preceitos sobre a importância do ensino da ciência pedagógica por mim processada em tão breve ciclo de lição.
O principal fim do meu ensino foi o de ministrar ao educador um conhecimento científico completo do educando, adequado à sua importantíssima função ; e disse completo porque o estudo que fizemos devendo obter por objeto « o homem em formação » , compreende tods os seus elementos constitutivos, estáticos e dinâmicos, aos quais, harmoniozamente devem concorrer para formar a sua personalidade física e ética. Nas 46 lições teórico-práticas desenvolvi o seguinte programa :
A- Exame amnestésico
B- Exame físico
C- Exame antropológico
D- Exame psicológico
E- (idém) envolvendo :
-Audição
-Tato e senso muscular
-Gosto e olfato
-Atenção, memória e associação
-Volições e inibições.
…às 46 liçõs que nos referimos seguiram-se outras exclusivamente práticas, verdadeiros exercícios destinados a adestrar os frequentadores do curso na técnica do exame físico e neles tomarem parte todos os inscritos divididos em grupos de 10 cada um.
A todas as lições, tanto as da manhã, das 8hàs 11h, como as da tarde, das 3h às 5h, esteve presente o sr. professor Carlos Gallot,  inspector escolar delegado de v. exa..
Apesar da escassez do tempo estou convencido de que o curso produziu o efeito de dar uma ideia clara « da personalidade normal e anormal da criança » e de fazer o aprendizado das técnicas para os exames acima mencionados.

Quase todos quando interrogados durante o curso responderam satisfatoriamente provando assim que tinham um exato cnhecimento do que vinham aprendendo e demonstrando que a estreiteza do tempo havia sido compensada pelo poder da vontade e por uma soma de energia e entusiasmo dignos da causa. Muitos deles possuem preparo biológico .

Pois bem : para estes, os métodos práticos de exame e de pesquisa foram assunto da maior satisfação e seguidos com maior interesse, tendo havido real proveito para todos os frequentadores, por eles mesmos reconhecido, creio, que na mente de cada um tenha surgido outra orientação de ideias e que todos hajam controvisto um horiznte pedagógico mais amplo ; e de fato, verifiquei que em termos de minha pessoa se estava formando uma atmosfera composta de jovens educadores e de homens de bom senso e experiência, todos entusiasmados com o novo impulso dado à pedagogia ; o que produzirá o benefício que o professor se cristalise em exíguas fórmulas didáticas e se entregue desanimado ao empirismo profissional.
O educador pesquisando a verdadeira natureza da criança, encontrando-a no revolutear das paixões e dos desejos, assim como dédalos das suas atitudes das sua potencialidades orgânicas e funcionais, eleva-se em dignidade e sente que se lhe aumenta a energia profissional, e venha a ser, de certo aspecto, o médico, o pai, o conselheiro do escolar .
E quem não vê as grandes vantagens morais que daqui virão para a sociedade ?
Satisfez-me por completo a seriedade de intenções de que se deu prova o culto e inteligente auditório que seguiu o curso. Por isso quero crer que em breve se realizará uma transformação da pedagogia oficial deste nobre estabelecimento do Estado que com tanto empenho acompanha a conquista do pensamento científico.
Quanto a mim, premita v. exa. que o diga : estou satisfeitíssimo com o meu trabalho de modesto semeador ; os inscritos no curso foram 52, mas por motivos justificados só puderam frequentar 34 dos seguintes senhores :
1) Moysés Horta de Macedo
2) Deodato de Moraes
3) Gastão Strang
4) Deocleciano Pontes
5) Martinho Nogueira
6) Antonio Ferreira Caldas
7) Justino Marcondes Rangel
8) João de Toledo
9) Carlos Silveira
10) José de Almeida Pacca
11) ElisariO Araujo
12) Eusébio Leme Cavalheiro
13) Aristides de Castro
14) Aristides de Macedo
15) Guilherme Kuhlmann
16) Hélio Penteado de Castro
17) José de Azevedo Antunes
18) Leopoldo Santana
19) José Couto
20) Benedicto Tolosa
21) João China
22) Francisco Azzi
23) Antonio de Almeida Jr
24) Raphael Cavalheiro
25) Ataliba Antonio de Oliveira
26) Armando Araujo
27) Sylvio Maia
28) Odilon Correia
29) Antonio Proença
30) Cassio Bittencourt
31) Armando Bayeux
32) Antonio Villela Jr
33) Eurico Borges de Almeida
34) Arnaldo Leal
35) José Olival
36) Cesario Pinto Martinez
37) Benedicto de Toledo
38) Joaquim Silva
39) Firmino Teixeira
40) Eudoro Costa
41) João Braulio César
42) Francisco da Costa Braga
43) Galaor Nazareth
44) Mariano A. Portella Telles
45) Pedro de Castro
46) Alvaro Adalberto Puchetti
47) Waldomiro Silveira Rocha
48) Raul Cardoso de Almeida
49) Francisco P. Canto Jr
50) Napoleão Freire de Carvalho
51) Joviano Pinto
52) Euzébio Marcondes
53) Comendador Mondim Pestana
Antes de submeter os meus distintos estudantes aos exames, achei de bom conselho levá-los a estudar sobre o aspecto pedagógico dois institutos da capital :

febemcg01(Instituto Disciplinar, atual FEBEM in: SP Antiga)

a) O Instituto Disciplinar dirigido pelo sr. João Moura Motta,
b) O Hospício de alienados do Juquery, esplêndida criação fenomenal do ilustre dr. Franco da Rocha.

1024px-Edificiojuqueri(Um pavilhão do Juquery in: Wikipédia)
(http://www.omb100.com/francodarocha-centro/historia)drrocha(1)

V. Exa. foi solícito em aquiecer ao meu desejo e em sua extrema bondade dignou-se de proporcionar-me os meios materias. De fato, no dia 9 do corrente visitamos o Instituto Disciplinar onde fomos amavelmente acolhidos pelo respectivo diretor.

Aquele estabelecimento conta com cerca de 120 educandos entre meninos e rapazes, sendo a maior parte abandonada de suas famílias ou destas privados e que vivendo assim, a toa, cometeram pequenos delitos.
O Instituto onde o Dr. Paulo Carazzato dispensa os mas amplos cuidados, nada tem de regime carcerário – e é bom que assim seja- mas prepara os educandos para o trabalho profissional e para a agricultura.
Deparou-se-me a oportunidade de observar alguns indivíduos com estigma de degeneração, o que me serviu para ilustrar o assunto sobre a deficiência moral, tratado durante as lições.
Ao  Juquery fomos no dia 11 do fluente, acompanhados pelo ilustre administrador e diretor do atual estabelecimento, e de seus distintos médicos assistentes; fizemos uma minuciosa visita a todos os pavilhões, serviços gerais e especiais, e auferimos quanto bem podem dar à sociedade, quando dirigida por mentes elevadas e corações sublimes.
O mesmo sentimento animava os nossos corações.”Pobres enfermos! Perdendo o maior bem que o homem possui, encontram nesse Hospício, amor e paraíso ! ».

Ali observamos as mais baixas degradações humanas e as grandes misérias da psico.

Notados foram os casos de microcefalia e de idiotia, apresentados pelo diretor, os quais serviram de guia para as lições técnicas desenvolvidas no curso.
A todos quantos nos dispensaram cortesias e gentilezas, nossos mais reais e profundos agradecimentos.

Os exames foram feitos perante uma mesa composta pelos senhores doutores : sr. Dr. João Chysostomo, diretor geral da Instrução Pública ; dr. Franco da Rocha, diretor do Hospício de alienados, professor.dr. Oscar Thompso, diretor da EN Secundária, e professor João Gomes Cardim, seu auxiliar.
O exame foi de preferência prático para provar mais que cultura, a habilidade dos estudantes adquirida na técnica antropométrica e na aplicação dos « mental-tests » .
O resultado foi, na verdade, brilhante. Sobre os 28 examinandos, obtiveram o máximo de pontos, dois, todos os outros tiveram boas notas, nunca inferior a oito.
Permita v. exa. que encerre este breve relatório, com agradecimento e um voto, em primeiro lugar à v.exa. que tomou a iniciativa do curso; depois do dr. Chrysostomo e do dr. Thompson, que facilitaram os meios que se deviam pôr em prática, e finalmente ao inspetor escolar, Carlos Gallet e ao comendador Tiburilo Mondim que colaboraram especialmente em seu bom êxito.

Não posso silenciar os serviços que me prestou, como assistente, o professor Clemente Quaglio, pois foram dedicados e inteligentes.
Votos : augúrio e com o meu presságio estão de acordo inúmeros educadores, que é o modesto germe ora confiado ao solo, onde em breve germinará e se transformará em uma instituição didática permanete, de elevada cultura pedagógica, que venha coroar a obra de preparação magistral presentemente desempenhada de um modo cabal pela Escola Normal Secundária da Capital.
Aproveito a oportunidade para reiterar à v. exa. os meus sinceros protestos de auto apreço e distinta consideração.
Grato.
São Paulo, 16 de julho de 1914.
Dr. Ugo Pizzoli.

Anúncios
Esse post foi publicado em Publicações do jornal 0ESP desde 1894 sobre o IE Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para iecc-memórias – CCLIX – Relatório do Professor Ugo Pizzoli

  1. Mansur Lutfi disse:

    Guilherme Kuhlmann – Lapa de Baixo São Paulo SP – Escolas
    http://www.saopaulo-sauro.com.br/1/3001044/…/guilherme-kuhlmann.html‎
    Descrição: Encontre escolas e insituições de ensino aqui no São Paulo Sauro, entre em contato com a Guilherme Kuhlmann para obter maiores informações.

    Tenho a impressão que já vi o nome do Kuhlmann associado ao Jardim Botânico de SP. Vou procurar saber. De qqr forma é nome de uma escola estadual na Lapa de Baixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s