iecc-memórias- CCXCIV- A ENC em setembro de 1915.

SETEMBRO DE 1915(OESP)
02/04/06/08/10/16/18/20/ 24/26/e 30/09/1915(OESP)
Anúncio de aulas e cursos particulares:
a) 02, 04, 06, 08, 10/, 11 , 12, 26 e 30/07/1915(OESP)
Elvira Sabino Brandão (agora é o colégio )
Diplomada com louvor pela ENSP
Rua Augusta 286-A
Aulas em Classe
1) Infantil – constando de português, inglês, francês, aritmética, história, geografia, trabalhos manuais, modelagem, caligrafia e desenho.
2) Cursos preparatórios para entrada na ENP
3) Idém para a Escola Normal Secundária
A « Ligth » oferece passes de cem reis para os alunos.

e
b) 1°/02/09/16/1915(OESP)
Dr Luiz Ferreira JR., do Largo São Francisco com a rua Cristovão Colombo, também anuncia suas aulas para os candidates à ENC.

c) Professora, Rua Fortunato, 72 prepara alunos tanto para o Ginásio como para a ENC.

FESTAS

07/09/1915(OESP)

(resumo)
Festa nacional no Parque Antártica com os alunos da ENC e todos grupos escolares da Capital.
O parque foi reservado para as crianças brincarem depois do evento.
-apresentação dos aluninhos dos grupos escolares
-discurso de Sylvio de Andrade Maia
– hasteamento da bandeira nacional por uma comissão de normalistas da ENC
-« lunch » para as crianças.

  (in: Dona Lucilia)(idém)
(1915-in: Memorias Paulistanas)

11/09/1915(OESP)

Festa da flor em benefício aos flagelados da seca nordestina com participação entre outros, dos alunos da ENC.

NOTA SOCIAL

21/09/1915 (OESP)

(resumo)
Sepultada ontem no Cemitério da Consolação a sra.dona Carolina Gomes Cardim, esposa do maestro comendador Gomes Cardim e madastra dos senhores doutores. P.A. de Gomes Cardim, diretor do Conservatório Dramático Musical e do sr.dr. Carlos Alberto Gomes Cardim, diretor-auxiliar da EN Primária e inspector técnico da EN Secundária.
O corpo apos encomendação do cônego Sangerardi, deixou a residência da família, na rua da Liberdade , 151 para ser inumado no cemitério da Consolação. A lista de presentes é imensa.

23/09/1915(OESP)
Aniversário de Felicidade Perpétua de Macedo Soares(que por sinal, é citada na minha ficção “Crime e castigo na Escolacaetano de Campos”).

Anúncios
Esse post foi publicado em Publicações do jornal 0ESP desde 1894 sobre o IE Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s