iecc-memórias – CCCXXXII – Em nome do pai, da filha e da elite…

01/10/1917(OESP)
Anúncio da diretora “Mary” Buarque* para sua escola, a Casa da Infância.
Casa da Infância

                                             A pedagoga escolanovista Maria Montessori utliliza a técnica cognitiva em um um jogo. FONTE: http://www.mcsri.org/mariamontessori/
                              A pedagoga escolanovista Maria Montessori utliliza a técnica cognitiva em um um jogo.
FONTE: http://www.mcsri.org/mariamontessori/

Escola Montessori
Jardim da Infância e Primária para ambos os sexos
Secundária Feminina
Este instituto particular se dedica a filhos de famílias escolhidas, ciosas de boas companhias para os mesmos, e de educação apurada e ensino de acordo com os últimos progressos da Pedagogia, como é o Sistema Montessori.
A Diretora, depois de diplomada na Escola Normal de São Paulo, consagrou dois anos exclusivamente ao estudo e à prática do ensino, no mais reputado instituto norte-americano – o « Collegio de Professores » (Teachers College), da Universidade de Columbia, onde teve o ensejo de receber lições de amados educadores.
A superintendência do ensino e a educação no Instituto, se acha respectivamente a cargo de seus pais, que acompanharam em sua estadia no estrangeiro: os conhecidos educadores Cyridião Buarque, lente de Psicologia e Pedagogia da Escola Normal de São Paulo e dona Brazilia M. Buarque, antiga fundadora e diretora de colégio.
Seus auxiliares são cuidadosamente escolhidos por seus costumes e habilitações, sendo que para cada língua estrangeira, a professora é da respectiva nacionalidade do da língua praticada.
O novel estabelecimento, no próximo ano, 2° de sua fundação, terá completa a sua instalação material, e ampliada a sua sede. Afim de tirar proveito do ensino seletivo sem lhe sofrer os inconvenientes, cada classe, segundo o modelo de Dewey terá a media de 12 alunos, o que obriga a elevação das contribuições. Mas além de lugares de honra, haverá, graças à generosidade de amigos da educação, bolsas para alunos gratuitos, indicados à preferência. E aos alunos fundadores e frequentes no corrente ano, serão mantidas as condições anteriores.
Brevemente os nossos prospectos.
A diretora
Mary Buarque

  • *filha de Cyridião Buarque, lente da ENC, alto funcionário comissionado no estrangeiro e dela(dele, deles), empresário …

18 e 22/10/1917(OESP)
Anúncio para aulas de suficiência e preparação à entrada na ENC, Rua Boa Vista 18 ; a professora é estudante de medicina.

Anúncios
Esse post foi publicado em Publicações do jornal 0ESP desde 1894 sobre o IE Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para iecc-memórias – CCCXXXII – Em nome do pai, da filha e da elite…

  1. Octaviano Galvão Net disse:

    O que seriam, exatamente, “famílias escolhidas”?
    As que podiam pagar o alto custo da Escola ou aquelas que transmitiam valores éticos, morais, humanistas e republicanos a seus filhos?
    Pelo passar do pergunta ficará sem resposta creio eu.

    • Octaviano; ainda hoje estava lendo sobre a familia Paes de Barros que no final do século XIX era não somente grande cafeicultora, como possuia os melhores terrenos de São Paulo, onde ergueu palacetes lindos; ali o casamento era endogâmico para que a fortuna não se diluisse…
      Quando viam alguém bem vestido na rua, tratavam-no de “primo” , pq de uma maneira ou de outra, faziam mesmo parte da familia!
      Era lé om lé, cré com cré e até a instituição republicana lhes serviu de meio para guardas o status quo!
      beijos, e muito sentida de poder lhe ver durante a minha curta estadia por SP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s