iecc-memórias – 1921 na Escola Normal da Capital ( A – de janeiro a julho)

1921 e a Escola Normal da Capital

Tenho encontrado cada vez menos publicações sobre a Escola Normal da Praça no acervo do jornal OESP; o que pressinto é que os diretores que substituíram os mais carismáticos chefes da nossa escola, não tiveram o mesmo carisma e nem a mesma força que os precentes.
Assim, entre 1920 e 21, o sr. Azevedo Antunes nem sequer teve tempo de se acostumar ao cargo, pois o sr. Renato Jardim o substituiu quando o primeiro havia desempenhado apenas alguns meses de função.

1920-21 José Aug Azevedo Antunes 131921-24-renato-jardim-14(imagens do ieccmemorias de Azevedo Antunes e Renato Jardim)

No começo de cada ano, desde que a normalista Elvirão Brandão (aluna obteve as maiores notas durante a sua permanência na Escola) fundou o seu estabelecimento de Ensino, gratificou o jornal O Estado de São paulo com inúmeros anúncios, inclusive com o fito de preparar os cantidatos à entrada na Escola da Praça.
Não apenas elas: outras professoras trabalhando na E N Capital também abriram escolas.

Janeiro
02/01/1921, 05/01/1921, 06/01/1921, 07/01/1921, 08/01/1921, 08/01/1921, 09/01/1921, 10/01/1921, 16/01/1921, 20/01/1921 e 30/01/1921(OESP)
Reclame para a Escola Elvira Brandão.
Rua Augusta 286, A.

06, 07 e 08/01/1921
Ainda sobre a quermesse feita em benefício da Villa dos Pobres que está sendo construída na rua Turiassú:
imagino que algumas normalistas da ENC possam ter participado, mas apenas é citada a presença de certas senhoritas da sociedade, todas muito bem trajadas, vendendo rifas para diversas prendas e quititutes refinados.
Também ficamos sabendo que apesar da chuva da véspera, às 20 horas, todo mundo continuava aprumado e as milhares de lâmpadas multicolores que iluminavam o espaço, chegam até a entrada da rua Araújo.
Mais de mil entradas foram contabilizadas.

09/01/1921(OESP)
07/01/1921(OESP)
Por decreto de ontem foram aposentados:
-O sr. Gabriel Ortiz, professor da extinta Escola Normal primária, anexa à Escola Normal da  Capital ; o sr. José Narciso de Camargo Couto, inspetor escolar.

INDICADOR SOCIAL
Grande quermesse em benefício da Villa dos Pobres, nos jardins da Escola Normal da Praça da República _ “Diner dansant” no Salão Amarelo do Automóvel Club _ Exposição de pintura do sr. Manito NELLO Benedetti;  No salão do Club Commercial _ Exposição de pintura e arte aplicada da sra. Regina Gomide Graz, no Salão Central.

E
09/01/1921
As inscrições para os exames de admissão à Escola Normal e às Escolas anexas estarão abertas de 15 a 25 deste mes.
As inscrições para os exames de segunda época naquele estabelecimento serão feitas de 13 a 20 do corrente.

19/01/1921(OESP) GRANDE QUERMESSE

A Barraca Brazil (com “z”) da grande quermesse há dias realizada nos jardins da Escola Normal da Praça da República em benefício da Villa dos Pobres, encerrou o seu movimento com um saldo líquido de 13:700$000; outro parágrafo encontrado no texto do jornal indica que haverá um chá dansante(col “s”) nos Salões do Conservatório, para as senhoritas que participaram à quermesse.

21/01/1921
Acham-se abertas na Secretaria da EN, as inscrições pra os exames de segunda época que terão lugar no dia 22 do corrente.

FEVEREIRO 1921 –  NADA PUBLICADO!

Março
04/03/1921(OESP)
Contratado interinamente o professor dr. Francisco Gayoto, para reger as classes de Química e Física da ENC.

06/03/1921 (OESP)

Notícias diversas:

 

Casas de Ensino

Escola Normal – Distribuição de Prêmios

Realizou-se ontem no anfiteatro do Jardim da Infância, escola anexa da ENC , a entrega dos prêmios aos mais variados distintos alunos matriculados, até o ano passado naquele estabelecimento de ensino. A cerimônia de entrega desses prêmios efetuou-se solenemente, com a presença do corpo docente e dos alunos de vários anos da Escola.
Esses prêmios, que intitulam-se “Prudente de Moraes”, “Rio Branco” e “Pereira Barretto”, foram instituidos respectivamente , para os alunos que obtiveram as melhores notas em todo o curso, nas aulas de História do Brasil e nas de Física e Química.
(…)

Prêmio “Prudente de Moraes, na importância de 360$000 a Alarico de Mattos.

Prêmio “Rio Branco”, na importância total de 420$000, às alunas Sheba Gennari, Maria Antonieta Moraes, Edwiges Hoffmann de Carvalho, Cynira de Carvalho Rodriguers, Joanna de Oliveira Cunha e Catharina San Roman Prado.

Prêmio “Pereira Barretto”, na importância total de 200$000, às alunas Opala Figueiroh, Maria E. De Magalhães Gomes e Cecilia Trigo.

Não concordando as alunas contempladas com o prêmio “ Rio Branco”, em receber a respectiva importância , coletiva e parceladamente, como as que obtiveram o prêmio “Pereira Barretto”, acordaram-se em submeter-se a uma última prova escrita, para ser atribuído o prêmio integral aquela que melhor trabalho apresentasse nesse concurso. A este, compareceram, porém, apenas as alunas Sheba Gennari e Edwiges Hoffmann de Carvalho, cujos trabalhos foram julgados de igual merecimento, pelo que se repartiu entre ambas a quantia referida.

Iniciando a solenidade de ontem, o sr. Professor J. De Azevedo Antunes, diretor da Escola Normal, depois de breve alocução, passou a palavra ao sr. Dr. Cyridião Buarque, o qual saudou com judiciosas palavras e esclarecidas considerações, os alunos premiados, sendo tanto a sua oração, como o ato da entrega dos prêmios a cada um dos contemplados, celebrados com vibrantes palmas de toda a assistência.
A solenidade, que durou cerca de uma hora, foi encerrada às dez horas e meia.

09/03/1921(OESP)
Externato Higienópolis
Estabelecimento de Ensino com Jardim da Infância, Curso Primário e Preparatório, aulas especiais de trabalhos , francês e inglês.

Às exmas famílias que queiram matricular seus filhos em nosso estabelecimento, temos a honra de participar que as aulas terão início dia 02 de abril, à rua Itacolomi, n° 24, Higienópolis, sendo as matrículas provisoriamente feitas na rua Theodoro Bayma, n° 22, onde também serão fornecidos os prospectos e as informações necessárias.
Diretora – Alzira Gomes, professora da Escola Modelo Caetano de Campos.
Auxiliares: Herminia P. Hungria, ex-professora da Escola Complementar Profissional; Maria José de Mello Franco, substituta da Escola Modelo Caetano de Campos; Alice de S.Thiago e Noemia de Mello Franco, ex-substituta do Jardim da Infância, anexo à Escola Normal.
Para as aulas especiais de inglês e francês estão contratadas professoras das respectivas nacionalidades.

Março, abril maio e junho NADA ENCONTRADO!

Esse post foi publicado em Parte II- Caetano de Campos - O QUE FOI PUBLICADO SOBRE A ESCOLA NORMAL A PARTIR DE 1920. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s