iecc-memórias – 1925 e a Escola Normal da Capital(1° semestre)

Queridos leitores;

para esse semestre de 1925, apenas encontrei “notinhas” administrativas, que cada vez mais merecem nossa atenção; não podemos nos esquecer que além do prestígio de frequentar e de ensinar na ENC, os salários ali eram os mais elevados; no entanto existe um exuberante “jogo de cadeiras” ; desde que uma personalidade influente sai do interior para um cargo elevado, plim!  –  a nomeação de seus parentes na ENC é feita como um milagre!

Não lhes posso dizer se quem era removido  da ENC guardava as benesses do cargo inicial, mas como estamos no país do jeitinho…

Não é sempre, mas às vezes, encontro no jornal OESP a publcação da nomeação simultânea de irmãs, como no caso de dona Lavínia, futura diretora do Jardim da Infância, aposentada na década de 1950.

Quem foi aluna das irmãs Leme(Edith, história e a famosa Eneida, de matemáica), não devem se esquecer que eram cunhadas de Lucas Garcez, o governador do Estado; nossa professora de geografia(Suzana P.Santos), por falta de cadeira, acompanhou dona Minervina de Macedo(Ciências) durante os quatro anos em que estive no ginasial, com um bloquinho na mão, anotando o que era dito; estava ela no cargo de “assistente” até que uma vaga na sua disciplina se abrisse…)

E isso quando os privilégios sonantes começaram a desaparecer, pois o IECC teve equiparação salarial com outras escolas estaduais naqueles tempos!

Não discuto a qualidade do ensino que essas pessoas diepensaram aos alunos do então Instituto de Educação “Caetano de Campos” ; mas elas  não foram as únicas que não necessitaram de exames de admissão; quem for curioso que preste atenção às rubricas de duas linhas editadas no jornal desde o início da minha pesquisa e encontrará casos surpreendentes de nomeações de conveniência!

Abraços gratificados,

wilma.

20/02/2016.

 

JANEIRO de 1925

04/01/1925(OESP)
Foi aprovada nos exames de admissão ao 1° ano da Escola Normal da Praça da República, desta capital, a senhorita. Ondina de Oliveira, filha do capitão sr. Veríssimo de Oliveira.

07/01/1925(OESP)
Estarão abertas na secretaria da Escola Normal, de 20 a 30 do corrente, das 12 às 15 horas, as matrículas para os diversos cursos daquele Estabelecimento de ensino.

13/01/1925(OESP)

1914 pedro voss(Pedro VOSS -CRE M COVAS)

Dona Emilia Voss, ex-professora da extinta Escola Complementar anexa à Escola Normal de Itapetininga, para igual cargo no Jardim da Infância, anexo da Escola Normal da Capital.(-NOTA MINHA – Não se esquecer que o professor Pedro VOSS, diretor da EN Campinas,  foi mutado para São Paulo para ocupar cargo elevado na função pública e, mais tarde, ocupar a diretoria da ENC!)

14/01/1925(OESP)
Foram nomeadas:
Donas Anna de Alencar e Clarice Barbosa Pinheiro Lima para os cargos de substitutas efetivas da Escola Modelo “Caetano de Campos”, anexa da Escola Normal da Capital;

16/01/1925(OESP)
Foi contratado o sr. Alacrino da Silva para o lugar de servente da Escola Normal da Capital;

24/01/1925(OESP)
Licença de três meses, concedida ao sr. Antonio Caetano de Sá, contínuo da ENC.

 

FEVEREIRO de 1925
10/02/1925(OESP)
O dr.Antonio de Sampaio Doria, lente da ENC foi posto em comissão, sem vencimentos, a contar do dia 02 do corrente, junto à Diretoria Geral da Instrução Pública.

13/02/1925(OESP)
Continuando em comissão o lente de História do Brasil e Geral , o sr Djalma Forjaz, foram designados para substitui-los os srs. Ezequiel de Moraes Leme e Heraclito Viotti.

27/02/1925(OESP)
Concedida licença de três meses , ao sr. José Rizzo, adjunto da Escola Modelo Caetano de Campos”, anexa à Escola Normal da Capital.

28/02/1925(OESP)
Notas e informações
O sr. Carlos da Silveira, lente de Psicologia e Pedagogia da Escola Normal de São Carlos, foi nomeado para substituir lente de igual disciplina da Escola Normal da Capital, sr.dr. Antonio de Sampaio Doria, enquanto durar a comissão em que se acha.
E
Nomeados:
– o sr.Guilherme Prestes Merbach, ex-professor da Escola Modelo Isolada, anexa à Escola Normal da Capital, para exercer cargo de adjunto do grupo escolar Modelo, anexo à Escola Normal do Brás.
-para os cargos de adjunto da Escola Modelo Caetano de Campos, anexa à Escola Normal da Capital, as professoras Mary Quirino dos Santos e Haydée Bueno de Camargo.

MARÇO de 1925
27/03/1925(OESP)
Grêmio Normalista “Caetano de Campos”
Na ENC, fundou-se no dia 24 do corrente, uma associação com o nome Grêmio Normalista “Caetano de Campos”.
Foram designados para para diretores interinos os srs. Ophir Leme Gonçalves e Paulo Lauro, alunos daquela Escola.

 

28/03:1925
Nomeada dona Helena Borges como professora adjunta da Escola Modelo “Caetano de Campos” , anexa à ENC .
ABRIL de 1925
10/04/1925(OESP)
Anúncio do Externato “Moura Santos”, sito à rua do Carmo, 87 , sobre aulas de Inglês, Álgebra e Geometria, dadas pelo professor do Mackenzie College e da Escola Normal da Capital, o engenheiro sr.dr. Benjamim Pinto.
NOTA MINHA: Mais e mais personalidades da ENC optam por fundar escolas particulares; caso de Macedo Soares, Ophélia Fonseca, Elvira Brandão, Cyridião Buarque, Moura Santos.
16/04/1925(OESP)
PELA INFÂNCIA
Palestra do sr.dr Almir Madeira, diretor da Higiene e Assistência do Instituto de Proteção à Infância de Niterói(RJ), às 15 horas, no palco do Theatro Avenida, sobre a criação da primeira colônia de férias na cidade de Mendes, destinada às crcrianças.
Muitas personalidades estiveram presentes, entre outras, o diretor da Escola Normal da Capital, agora Arnaldo Barretto e Pedro Voss, Diretor Geral da Instrução Pública.
Agora compreendemos porque houve a remoção da professora Voss à ENC!

17/04/1925(OESP)
Removida a pedido, a professora do Jardim da Infância, anexo à ENC,dona Rita de Alcântara Marinho, para a escola anexa do Largo do Arouche.

22/04/1925(OESP)
Realizar-se-ão amanhã na Escola Normal da Capital, as provas escritas para as cadeiras de Física e Química para preenchimento dessas cadeiras na EN de Itapetininga.

MAIO de 1925
09/05/1925(OESP)
Licença de 35 dias concedida à auxiliar de inspeção do Jardim da Infância, anexo à ENC, à professora Irene Branco da Silva.( NOTA : a mesma que assumira no comecinho do ano)

24/05/1925(OESP)
Removida para a Lapa a professora Maria de Lourdes Ferreira Cruz, do Jardim da Infância, anexo à ENC.

27/05/1925(OESP)

resumo interpretado:
SENHORITA MIRETTA GUIMARÃES – foi celebrada no último sábado, uma missa pela passagem da senhorita Miretta Guimarães, aluna da ENC.
Estiveram presentes toda a boa sociedade paulistana e entre os nossos conhecidos: Minervida Macedo de Carvalho, João Gomes Jr., M. Moura Santos, J.A. Marrey Jr., Fernando Azevedo, Lenira Fracarolli e “minha madrinha” Noemia Penteado, que dirigiu a BIML, da Biblioteca M. De Andrade e depois, velhina e por mérito de fim-de-carreira, foi Secretária de Educação da PMSP.

 

JUNHO de 1925
19/06/1925(OESP)
O sr dr. Sampaio Doria foi dispensado da comissão em que se achava.

Anúncios
Esse post foi publicado em Parte II- Caetano de Campos - O QUE FOI PUBLICADO SOBRE A ESCOLA NORMAL A PARTIR DE 1920. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s