PARTE II – Caetano de Campos – 1927; a ENC, vista pelo jornal OESPem janeiro..

Queridos leitores;

quanto menos temas importantes são tratados no nosso jornal de referência, mais isso significa que a escola ia perdendo seu prestígio inicial…

Afinal, desde que a ENC se mudou para a Praça da República em 1896, o glamour inaugural foi decaindo naqueles primeiros 30 anos.

Constatem…

Abraços datados,

wilma.

15/03/2016

 

8/01/1927(OESP)

(resumo, depois que alguns pontos da cidade foram marcados com postes coloridos)

Uma carta aberta ao prefeito de SP , sr.Pires do Rio, reclama tanto para os canos fixados  no solo e pintados de vermelho e branco da Praça da Sé, como aqueles que se encontram na Praça da República, digamos que para proteger os alunos dos acidentes de trânsito.

O redator diz que aqueles “postes” estão há dois anos atrapalhando mais que melhorando a situação do trânsito na cidade.

 

 

10/ 17/ e 31/ 0/1927(OESP)

Instituto Comercial do Rio de Janeiro

Sucursal de São Paulo – Rua São Bento, 10.

Anúncio para aulas de taquigrafia e de dactilografia; entre os professores, destacam-se alguns da ENC: Fausto de Souza, Renato Braga, Luiz Gallan Jr.

Como já frisei anteriormente, a “marca” ENC abria muitas portas aos negócios particulares…

04/, 11/, 13/ , 14/ e 15/01/1927(OESP)

Anúncio do professor Moura Santos, que atende de segundas às quintas no seu consultório dentário, sito à rua João Briccola, 19, sobreloja, sala n° 6. No seu “comunicado” publicado no jornal, notamos que existe a “marca ENC” como argumento de competência…

E

Segue hoje para o Rio, onde vai assumir o posto de Diretor da Instrução Pública do Distrito Federal(…) o nosso prezado companheiro de redação , dr. Fernando de Azevedo, lente da Escola Normal da Capital.

(…)

 

17/01/1927 Collegio Villalva(OESP)

Continua anunciando seus cursos e insistindo  que prepara alunos para a entrada à ENC…

21/01/1927(OESP)

O sr João Manoel dos Reis, servente da ENC, tendo sido afastado por licença de 6 meses é substituído inteirinamente pelo sr.João da Silva.

Nota minha: desta vez temos o pronome de tratamento usado para um funcionário de categoria menos importante, o que não havia reparado antes na leitura de outros comunicados oficiais…

Anúncios
Esse post foi publicado em Parte II- Caetano de Campos - O QUE FOI PUBLICADO SOBRE A ESCOLA NORMAL A PARTIR DE 1920. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s