PARTE II – CAETANO de CAMPOS – De junho a agosto de 1931 na ENC.

JUNHO,  JULHO de 1931 NADA PUBLICADO SOBRE A ESCOLA NORMAL DA CAPITAL NO JORNAL OESP.

 

AGOSTO de 1931

11/08/1931(OESP)

FALECIMENTO – anteontem do professor  Dr. Carlos dos Reis, diretor aposentada da Secretaria do Interior.

O extinto tinha 71 anos de idade, era natural do Rio de Janeiro e veio para S. Paulo em 1875. Formou-se pela ENC com distinção e igualmente com distinção na Faculdade de Direito.

“Dotado de superior cultura e grande inteligência, o dr. Carlos dos  Reis era tido em grande conceito no meio intelectual paulista, sobretudo no que se referia a assuntos jurídicos e pedagógicos.

Atingiu os mais altos cargos na maçonaria brasileira, tendo sido iniciado na Loja “Sete de Setembro” , em 25 de setembro de 1876.

Exerceu cargos de professor primário de 1872 a 1875, em Lorena; no Instituto de Artífice, em São Paulo, de 1978 a 1880; lente de português da ENC, de 1887 a 1897; sub-diretorda Secretaria do Interior, de 1887 a 1917, tendo sido aposentado com 37 anos de serviço.

Foi oficial de gabinete dos secretários do Interior, drs: Dino Bueno e Gustavo Godoy; foi oficial de gabinete dos presidentes Fernando Prestes e Cons. Rodrigurd Alves. Foi ainda vereador em 1885 e delegado de polícia da capital.”

Filho de Manuel José dos Reis e de dona Christina Margarida dos reis, casou-se em 1879 com dona Sophia de Oliveira Reis, filha do capitão Benjamin Constante de Oliveira. Deixa os seguintes filhos:

Dr. Benjamin Reis, professor da Escola de Medicina e Veterinária;

Ermelinda Reis de Almeida, adjunta do grupo escolar “Campos Salles”;

Arthur Reis, oficial de gabinete do secretário da Agricultura e

Carlos Reis Filho, escriturário da Secretaria do Interior.

O enterro realizou-se  ontem, às 10 horas, tendo saído o féretro, com grande acompanhamento da alameda Barros, 29, para o cemitério da Consolação.

              cemitério da Consolação

25/08/1931(OESP)

Liga das Senhoras Católicas põe sua sede (rua Wenceslau Braz, 22; 4° andar SP) à disposição do Instituto Pedagógico.

Zuleica Martins Ferreira, diretora do Instituto Pedagógico de SP, expôs ali os trabalhos do Jardim da Infância, refletindo o aproveitamento das crianças que agora recebem ensino com o método da Escola Nova.

                                                                                           (Liga Solidária)img_nossa_historia-1926
Anúncios
Esse post foi publicado em Parte II- Caetano de Campos - O QUE FOI PUBLICADO SOBRE A ESCOLA NORMAL A PARTIR DE 1920. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s