PARTE II – Caetano de Campos – de setembro a dezembro de 1947, com crônica de João C. Caldeira Filho.

SETEMBRO de 1947.

04/09/1947 (OESP)

Dicionários dos Autores Paulistas:

VERBETE:

BARROS (Francisca de) – Nasceu em Itapetininga, onde fez os estudos primários e secundários.

Diplomada pela Escola Normal. Fez o curso superior de Letras da FFCLUSP. Exerce o magistério secundário no Instituto de Educação “Caetano de Campos”, regendo como catedrá ca, a cadeira de Português da série ginasial.  Em 1936 obteve o “Prêmio de Língua Portuguesa” do Instituto de Alta Cultura, de Lisboa.  Os seus trabalhos de literários  e linguísticos  tem sido publicados na “Revista Portuguesa”, “Filosofia, Ciências e Letras”, “Revista de Organização Científica” e “Boletimda Liga do Professorado”. Colaboradora do “Estado de São Paulo” e “Folha da manhã”; estudiosa dos problemas de linguagem portuguesa e cronista.

BIBLIOGRAFIA: “O império da língua portuguesa”, Ed. Imprensa Nacional de Lisboa, 1926; “Nemigalha”; Of. Gráfica”Ave Maria”; São Paulo, 1942.

 

05/09/1947 (OESP)

Musicalização prévia da Criança

João C. Caldeira Filho

(resumo)

O artigo é introduzido pelo conceito de “Fase preparatória”, como meio de familiarizar a crianças com a música, sendo para ela uma aquisição de experiência básica, respeitando todos os conhecimentos emotivos, de linguagem, de tempo e de espaço que tem uma criança  de sete anos no começo da sua vida escolar.

Como havia escrito o professor Caldeira em artigo anterior, a passagem da fase preparatória à aprendizagem de um instrumento não deve começar pelo piano, devido à dificuldade que uma criança passa ter face a leitura da partição, que, nessa fase posterior ele chama de “musicalização prévia”.

Uma analogia entre o aprendizado do leitura e da leitura musical pode ser de fato iniciada com a utilização de um método analítico em música também, como haviam sugerido o professor Carlos A. Gomes Cardim e João Gomes Jr, o primeiro diretor,  e o segundo  maestro da ENCapital.( autores do “O ensino da Música pelo Método Analítico”; Tip. Siqueira; São Paulo; 5ª edição 1926).

 


                                                                                                         
Revista  Brasil-Europa  Afficher l'image d'origine

 

11/09/1947 (OESP)

 

Às 20H30’ – Conferência no auditório da Escola “Caetano de Campos”, sobre “A obra de Cervantes” pelo Grêmio Hispano-Americano”.

 

24/09/1947 (OESP)

Falecimento do sr. Professor Joaquim da Silveira Santos, formado pela Escola Normal de São Paulo em 1886.

 

Outubro de 47

11/10/1947 (OESP)

Homenagem póstuma

Realizar-se-á manhã às 10 horas, à rua Antonio de Queiroz, 223, uma comemoração pública em homenagem à memória do professor SILVEIRA SANTOS, decano do magistério paulista, pois era o único sobrevivente da turma de 1867 de nossa Escola Normal. O extinto trabalhou para o êxito dos movimentos da Abolição e da República e fez parte do 1° Conselho Consultivo do Estado, ao tempo da interventoria do general Rabelo.

Pertencia à Igreja positivista do Brasil e à Sociedade de Cultura Positivista do Rio, ao Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo e à Sociedade Positivista desta capital. Era autor de grande número de obras de caráter técnico, filosófico e doutrinário.

Oficiante: sr. G. De Souza Pinto, da Igreja Positivista do Brasil.

 

29/10/1947 (OESP)

Associação Coral e Sinfônica de São Paulo

Realizar-se-á amanhã, às 21 horas, no auditório da Escola “Caetano de Campos”, o 38° concerto social mensal, da Associação Coral e Sinfônica de São Paulo. O programa está a cargo da sra. Helena Travassos Pinto, que interpretará número de canto acompanhada da sra. Noemia Charles, que declamará poesias de autores nacionais.

 

NOVEMBRO DE 1947

27/11/1947 (OESP)

Festividades promovidas pela Alliance Française.

Sob o patrocínio da Alliance Française de São Paulo e do Grêmio Recreativo “14 de Julho”, realizar-se-á amanhã, às 20 horas e meia, na Escola Normal “Caetano de Campos”, à Praça da República, várias festividades de encerramento das aulas dos cursos mantidos por aquela entidade.

Programa:

Discurso do presidente da AllianceFrançaise e distribuição de prêmios; entrega dos diplomas dos alunos que terminaram os cursos de Língua e Literatura; para finalizar, apresentação de cantos e recitativos.

 

DEZEMBRO de 1947 NADA encontrado no acervo do jornal OESP!

Anúncios
Esse post foi publicado em Parte II- Caetano de Campos - O QUE FOI PUBLICADO SOBRE A ESCOLA NORMAL A PARTIR DE 1920. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s