V – (b) O resto do ano 1877. – Tentativa de “maracutaia” na Assembleia Provincial!

Março 1877

 

09/03/1877 APSP

Assembleia provincial –sessão extraordinária do 08/03/1877

Presidência : Lopes Chaves

(…)

Entra em 2a discussão o projeto do ano passado, concedendo as vantagens dos alunos da Escola Normal a professores adventícios que tiverem exercido em outras províncias o magistério por mais de 10 anos, com distinção, etc., etc..

Projeto rejeitado

17/03/1877 APSP

(custos administrativos)

Disposições permanentes ;

Pelos registros dos decretos e cartas imperiais se pagará a quantia de 10$ ; pelas de serventia vitalícia  a de 30$ ; e pelas de professores aprovados pela Escola Normal, a de 20$000

 

ABRIL

04/04/1877 APSP
Falecimento de professor de Porto Feliz, ex-aluno da Escola Normal.

14/04/1877 APSP

Irregularidade na Assembleia

Decreto :

Art. 1 Fica habilitado para exercer o professorado público de primeiras letras, o tenente Benedicto Velloso de Oliveira, independente de exame e concurso.

Art. 2° O cidadão (…) gozará de todas as vantagens pela lei atribuídas ao aluno que tenha sido aprovado em exame da Escola Normal, exerce o professorado « 

Projeto rejeitado pela Assembleia !!!

Résultat de recherche d'images pour "assembleia provincial sao paulo"Assembleia Provincial  –  Governo do Estado de São Paulo

JUNHO
14/06/1877 APSP

Atos oficiais

Designados os professores públicos:

O bacharel João Antonio de Oliveira Campos e dona Catarina Amalia do Prado Alvim para regerem as cadeiras de instrução primária anexas à Escola Normal.

 

JULHO

04, 06 e 07/07/1877 APSP

Anúncio da Escola Americana, com preços, horários, matérias e cursos, inclusive o Curso Normal.

           Résultat de recherche d'images pour "collegio mackenzie sao paulo  seculo XIX"  

             Pinterest500 – 1900 – Colégio Mackenzie na Rua Itambé com Rua Maria Antonia.

DEZEMBRO

04 , 05 e 06/ e 07 12/1877 APSP

Abertura das inscrições para o exame preparatório à matrícula da Escola Normal.

Além dos quesitos vistos no regulamento do ano anterior, o mais importante é este:

« Ninguém será admitido à matrícula no 1° ano da Escola Normal sem que tenha sido PLENAMENTE  aprovado em exame, no qual mostre saber ler e escrever corretamente, a teoria e a prática das quatro operações fundamentais de aritmética, caligrafia e doutrina cristã (Art. 2° da lei n° 55 de 1876).

14/12/1877 APSP

Declaração

Carlos Joaquim dos Reis, professor público e aluno do 2° ano da Escola Norma desta capital e estudante de preparatórios na Academia, faz público que doravante assinar-se-á Carlos Reis.

 

 

(…)

 

E

 Foi concedido ao bacharel Americo Ferreira de Abreu exoneração dos empregos de professor e diretor da Escola Normal.

Foram nomeados:

a) Diretor da Escola Normal, o professor bacharel João Bernardo da Silva.

b) Procurador fiscal do Tesouro Provincial, o ajudante do mesmo, bacharel Americo Ferreira de Abreu.

c)Ajudante, o bacharel Vicente Ferreira da Silva.

 

15/ 19 e 20/12/1877 APSP

Editais

Escola Normal

Pela secretaria da Escola Normal e, de ordem do sr. dr. director,  se faz público que o prazo para inscrição aos exames preparatórios à matrícula  na mesma escola foi prorrogado até o dia 20 do corrente mes.

Assina A. Montenegro.

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em A história da Escola Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s