VII – (a) Fechamento da Escola Normal da Capital em março de 1879.

Queridos leitores;

A Escola Normal da Capital foi fechada pela segunda vez, agora em 1879.

Os professores e empregados ficaram cerca de um ano sem receber os seus ordenados.

Qual teria sido a razão?

Se compreendi o teor de alguns debates na Assembleia Provincial, gastava-se ao bel prazer tanto no Governo, como entre os deputados.

Alguns parlamentares acusaram o presidente de S. Paulo de ser um mau contador com os gastos públicos; em realidade o período que cobre a reabertura da ENC (1875) até a data do seu segundo fechamento (1879) abarca uma série de irregularidades no seio da ENC, privilegiando os alunos vindos de famílias da elite conservadora, geralmente estudantes ou bacharéis em direito, que nem precisavam ser examinados e ganhavam pelo menos dez vezes mais que o professor do ensino público exercendo na roça ou num modesto grupo escolar.

Verificamos também que a nominação de certos professores ocorriam na irregularidade ética que sempre vigorou por ali…

Ora, com a chegada das ideias republicanas, o conceito de ética, mesmo tendo evoluído com o tempo, era voltado para o ensino gratuito e de qualidade para todos (excluindo  os escravos ainda não tivessem sido abolidos e , depois, quando o foram e ficaram à margem da “cidadania”).

Teria a ENC sido fechada devido ao  teor das irregularidades antirrepublicanas que davam privilégios imperiais aos alunos que ela escolhesse para tal ou foi mesmo um problema de má administração pública?

Não encontrei no jornal APSP a matéria focando o fechamento por decreto da ENC; se acontecer de me deparar com ela, a anexarei neste espaço.

Abraços republicanos,

wilma.

22/02/2017.

1° Semestre de 1879

09/01/1899 APSP
Anúncio de abertura das aulas na Escola Americana Normal.

(Collegio Mackenzie; Pinterest) Résultat de recherche d'images pour "collegio mackenzie seculo XIX"

 

10/01/1879 APSP e Tribuna Liberal

(Restos de colecção) Résultat de recherche d'images pour "methodo joao de deus"

“Método João de Deus – Começou anteontem à noite a funcionar no edifício do Club Gymnastico a escola noturna inaugurada a 25 do mes passado, regida pelo sr. Gomes Cardim, que além de reconhecidas aptidões para o ensino da música, tem conhecimentos variados de hulmanidades e de ensino primário.

(UFRS e Espaço Educar)     Résultat de recherche d'images pour "methodo joao de deus"

Estavam matriculados 15 alunos, 11 dos quais compareceram à primeira lição. A aula é tres vezes por semana e gratuita.

O custeio desta escola é a expensas de alguns cavalheiros, membros do Club Gymnastico, pertencendo a iniciativa da ideia ao conhecido negociante desta capital, sr. Barão de S. Joaquim.”

 

Ainda sobre este método de ensino lemos na Tribuna Liberal de ontem :

« Anteontem, 7 do corrente, abriu-se  a primeira aula de primeiras letras, anexa à Escola Normal, e nela precipitou o respectivo professor dr. João Antonio de Oliveira Campos, a ensaiar o método João de Deus, auxiliado pelo inteligente menino Antonio Victor de Macedo, predileto discípulo do dr. Zeferino Candido. « 

(Leilões)Résultat de recherche d'images pour "Zeferino Candido"

13/03/1879 APSP
Assembleia Provincial de SP

Sessão ordinária de 12 de março, presidida pelo sr. Lopes Chaves

Resumo : O sr. Rodrigues Alves pede explicações sobre nomeações e demissões de inspetores do ensino público  e sobre a suspensão das aulas na Escola Normal, colocando a culpa ao sr. Baptista Pereira, mau gestor, capaz de gastar ao seu bel gre sem ter verbas.

Martim Francisco toma a palavra e defende o acusado. Acrescenta porém:

“ que há excessiva exigência do sr. Rodrigues Alves em querer que dois deputados de minoria liberal venham de momento dar o número dos inspetores demitidos, número dos alunos da Escola Normal, etc.. »

 

15/03/1879 APSP
Sessão Livre

A Assembleia Provincial de São Paulo

Résultat de recherche d'images pour "A Assembleia Provincial de São Paulo" (Governo do Estado de São Paulo)

“Em nome dos alunos da Escola Normal (…) pedimos à ilustre assembleia  de São Paulo, que mande abrir as portas da Escola Normal, ao menos para terminarem o curso os alunos que se  acham matriculados no primeiro e no segundo ano.

Acreditamos que a Província não poderá sustentar um corpo de professores, todos normalistas, mas isto não é uma razão para suspender de repente o exercício daquela instituição, violando-se uma lei que a criou, violando os direitos dos cidadãos que com sacrifícios e despesas se mantinham nesta capital em busca de instrução que ali se recebia !

Suspenda-se a matrícula na Escola Normal, ao passo que terminarem o curso os alunos que lá se acham matriculados (…)

Assina :Um professor prejudicado.”

 

27/03/1879 APSP

Assembleia Provincial de SP

Sessão ordinária de 25 de março

         (João Baptista Pereira; wikipedia) João Baptista Pereira.JPG

Resumo – Os conservadores tendo recebido “uma lavada” dos liberais, o administrador de São Paulo, João Baptista Pereira, é apoiado pelo presidente Lopes Chaves que sustenta    » que o sr. Baptista Pereira procedeu regularmente fechando a Escola Normal, não obstante contrariando o plano de ensino ao professorado, mas julga aceitáveis as razões apresentadas no relatório de sua excelência. »

 

08/05/1879 APSP
Assembleia Provincial de São Paulo

Resumo :

Longo discurso do sr. Prudente de Morais, associando à soberaneidade do governo para dispor de suas verbas como bem entenda, critica a economia feita pelo menos, amputando as verbas destinadas à Escola Normal e censura o antigo administrador de tê-la feito fechar.

 

31/05/1879  APSP
Leis provinciais

« N° 46 – Autorizando o governo a pagar, desde já, os professores e empregados da Escola Normal, o que lhes for devido dos vencimentos desde janeiro de 1878 até a data desta lei. « 

 

08/06/1879 APSP

Outro anúncio da Escola Americana Normal.

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s