1885 (d) 4° Trimestre.

02 e 08/10/1885 (APSP)

Editorial de Rangel Pestana

Klick Educação

Francisco Rangel Pestana, îleo An™nimo, Museu Republicano Itu, SP
C: reprodu‹o
Grandes Personagens da Nossa   Hist—ria pag 660

A cadeira de Pedagogia

Criticando o ato do presidente da província em ter adiado o exame da cadeira de pedagogia, regida por um professor interino, mesmo depois que tenha sido suspensa a reforma da Instrução Pública, quando havia suspedido a cadeira de Pedagogia e a substituido pela cadeira de Higiene.
Rangel Pestana roga a suspensão do dito exame ao sr. Vice-presidente da província, para que sejam evitados gastos inúteis no caso do professor aprovado ter sua cadeira proscrita mas o salário… vitalício.

 

05/10/1885 (APSP)

Escola Normal

Ontem não houve exame de concurso para preenchimento da cadeira de Pedagogia por não terem comparecido tres examinadores.

Dos candidatos apresentou-se somente o rvd. Camillo Passalacqua.

 

14/10/1885 (APSP)

Editorial de Rangel Pestana

Exames de preparatórios

(resumo)

Os cursinhos não devem ser favorecidos em detrimento do ensino público.

“Enquanto não entrarmos no regime da verdadeira liberdade aplicada ao ensino devemos melhorar os aparelhos da centralização; e, desde que o governo não queira precindir de intervir no julgamento das provas de habilitação dos candidatos à matrícula nos cursos científicos, faz-se mister nomear comissões que assistam aos exames dos colégios, deixando a estes a liberdade para organizarem seus programas de ensino. “

Mais abaixo, como o governo havia designado antes das mudanças: “ Cada mesa de exames de preparatórios se comporá de um presidente e de dois examinadores que serão o professor e o substituto da respectiva matéria na Escola Normal, os dois e em caso de falta ou de  impedimento, substituídos.”

Com as mudanças e os novos decretos ( 4.623 e 4.430) o presidente deve ser nomeado pelo governo e os dois examinadores pelo Inspetor Geral da Instrução Pública; o que falta no decreto é que a HABILITAÇÃO do examinador na matéria avaliadado, deveria condição sine qua non. E poderia ser feita por pessoas habilitadas que não exerçam o magistério particular…

 

15/10/1885 (APSP)

Assembleia Paroquial

São convidados os eleitores republicanos a comparecerem hoje , 13 de outubro, às 9 horas da manhã, afim de darem seu voto na eleição provincial.

-os eleitores do sul da Sé, dos quarteirões 1 a 46 inclusive, votam na casa da câmara municipal e os do 47 em diante, na Escola Normal.

 

18/10/1884 (APSP)

Escola Normal

Foi nomeado professor efetivo da cadeira de Pedagogia da Escola Normal o rvd. Camillo Passalacqua, em vista das provas exibidas em concurso que efetuou há dias.

 

28/11/1885 (APSP)

Encerramento das aulas da Escola Normal.

 

1°/ e 03/12/1885 (APSP)

Começam depois de amanhã os exames finais dos alunos da Escola Normal. Serão chamados à prova escrita os alunos do 1° ano.1886

Anúncios
Esse post foi publicado em A história da Escola Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s