1886 -(b) – 3° Trimestre: Dr.Mata Defuntos leciona na Escola Normal…

04/07/1886 (APSP)

Anúncio do dr. Muniz de Souza para lecionar em aulas particulares  as matérias dos preparatórios à entrada na Escola Normal.

 

10/07/1886 (APSP)

Despacho de João Cesar Abreu e Silva , do3° ano da Escola Normal , pedindo nomeação na cadeira da capela de Pinheiros.

17/07/1886 (APSP)

Concedida licença de 30 dias ao contínuo da Escola Normal, Antonio Lopes Oliveira Tico.

18/07/1886(APSP)

Professorado: Foram dispensadas de cursar na Escola Normal todas as alunas-mestras.

A professora-mestra Anna Izabel da Costa Ferreira , em despacho do dia 22/07/1886 é assim beneficiada.

 

25/07/1886 (APSP)

Concedida licença ao professor João Cesar de Abreu e Silva para continuar seus estudos na Escola Normal.

30/07/1886 (APSP)

A seu pedido, exonerado o dr. Geraldino Campos, diretor da alula masculina na Escola Normal.

31/07/1886

Obituário do menino Benedito com atestado assinado pelo dr. Antonio Caetano de Campos.

03/08/1886 (APSP)

Falecimento do comendador João José de Souza Rios, aos 76 anos, amigo de Antonio Caetano de Campos.

08/08/1886 (APSP)

Carta de Joaquim Manoel de Campos Pinto com o título

“Atacando a imbecilidade do inspirador dessa correspondência”, lemos:

 

“O sr. Doutor João Bernanrdo da Silva”

“Ficou, desde então, conhecido o dr. João Bernardo pelo –Dr.Mata Defuntos.

2° Juiz Municipal de Taubaté, onde a sua administração de justiça levantou tanto clamor no fôro e na imprensa do país que S.S. nem foi reconduzido, nem conseguiu mais cargo algum na vida pública, exceto o de 3° professor de cousa que não sabia, em uma Escola Normal que se extinguiu por ato da presidência, para cessar o vergonhoso escândalo de estar regendo uma das cadeiras a quem os discípulos ensinavam. E tanto foi este o motivo do ato do governo que logo depois, reorganizou-se a Escola  Normal e a pretensão do sr.dr. joão Bernardo a ser contemplado com uma cadeira teve a mesma resposta que a pretensão à recondução de juiz municipal e nomeação de juiz de direito – não nomeado por prova de inopia.

 

10/08/1886 (APSP)

O professor público Luiz de Campos foi concedida permissão para voltar ao exercício do magistério por não poder continuar os estudos na Escola Normal.

11/08/1886 (APSP)

Os estudantes normalistas reuniram-se ontem à tarde e elegeram a comissão que tem que representar a Escola Normal nos festejos comemorativos do aniversário de fundação dos cursos jurídicos no Império.

Para entender a história… – blogger

12/08/1886 (APSP)

A Escola Normal fez-se representar por uma comissão, cujo orador, o sr. Getulio Ribeiro, ocupou a tribuna durante as Festas do 11 de Agosto.

15/08/1886 (APSP)

Todos os alunos da Escola Normal reunem-se hoje para tratar de negócios que dizem respeito à sua classe.

17/08/1886 (APSP)

Carta de José Feliciano criticando a “isolência que o aluno da Escola Normal desembestou no Diário Mercantil”.

22/08/1886 (APSP)

Despacho da câmara autorizando a desistência de João Raphael de Lara de continuar a estudar na Escola Normal.

E

Centro Beneficiente Normalista

Os alunos da Escola Normal fundaram anteontem o Centro Beneficiente Normalista. A nova sociedade será beneficiente e, além de comemorar a data do passamento do fundador da atual escola, conselheiro Laurindo Abelardo de Brito, promoverá os meios de ser solenizada a data da criação da primeira escola Normak na província.

Diretoria:

  1. Presidente, J. Salles Pinto
  2. Vice, Sebastião Pontes
  3. 1° e 2° secretário: Joaquim Theodoro de Araujo e Jorge Passos,
  4. Tesoureiro, Joaquim Norberto de Toledo
  5. 1° e 2° oradores: Getulio Marcondes e J. Mario de Freitas Brito;
  6. Procuradores: João Baptista Ferreira da Cunha, Antonio Penna e P. de Araujo Novaes;
  7. Conselho fiscal: A. Gonçalves Leite, Gabriel Ortiz, Julio Mallet, João Penna, Bazilio Fiuza F.Assis Velloso, Amasilio Bunel, Eduardo Bresser da Silveira e Antonio Mendes Silva;

19/08/1886 (APSP)

Centro Normalista

A diretoria do centro Beneficiente Normalista, hoje, às 91/2 horas da manhã, toma posse do edifício da Escola Normal.(rua da Boa Morte-nota minha)

 

29/08/1886 (APSP)

Ato da Presidência, de ontem, nomeando a educanda do Seminário da Glória, d. Benedicta Maria da Conceição para o lugar de professora adjunta da aula anexa da Escola Normal.

SETEMBRO DE 1886: nada publicado.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s