1888 (a) A Escola Normal precisa de professores e abre concurso.

Queridos leitores;

Olhem bem para a imagem do diretor da Escola Normal, o cônego Manoel Vicente; tudo o que ele fez de péssimo para a Instrução, professores, alunos lhes vai ser revelado  em breve; lendo os arquivos do Estadão fiquei horrorizada com a sua participação  na sociedade paulista dos anos 1880; um pulha! – revelações com juízo de valor que cabe inteiramente a mim!

Guardem também o nome do professor Carlos Lessa, que caiu nas mãos do cônego e foi parar no Tribunal de Justiça.

Amém!

wilma.

 

03/ e 21/01/1888   E  17/ 19/ e17/02 e 24/02/1888 (APSP) e 24/02/1888

Editais

Escola Normal

                                              o diretor da Escola Normal

De ordem do exmo. s. rvdo, sr cônego Manoel Vicente da Silva, faço público que se acham abertas nesta secretaria as inscrições para os concursos às 1ª e 2ª cadeiras de caligrafia e desenho e ao lugar de preparador de física e química, criados pela lei n. 81 de 6 de abril do corrente ano.

O prazo para a inscrição é de noventa dias, contados da data do presente edital.

Deverá a inscrição ser requerida ao diretor, juntando o candidato os seguintes documentos:

1° – certidão de batismo ou equivalente;

2° folha corrida tirada no lugar de sua residência;

3° prova de capacidade profissional.

Só poderão ser admitidos aos concursos os cidadãos brasileiros que estiverem ao gozo dos direitos civis e políticos, e provarem capacidade profissional.

Secretaria da Escola Normal, 4 de outubro de 1887.

O secretário,

José E. C; de Sá e Benevides.

23/02/1888

Óbito de Maria B. De Assis assinado pelo dr.Antonio Caetano de Campos.

 

24/01/1888 (APSP)

Nomeado o sr. José Carneiro da Silva, professor normaista, para o cargo de professor adjunto da escola primária anexa à Escoa Normal.

28/01/1888 (APSP)

Nomeados para a Escola Normal os bacharéis:

Thomaz Augusto Ribeiro de Lima – cadeira de desenho;

Theodoro Antunes Maciel – preparador de física e química.

FEVEREIRO

17/19/ e 24/02/1888 (APSP) edital para ingresso.(ler acima)

                                                                                                                                                        Março

03/03/1888 (APSP)

A Casa Garreaux vendem volumes encadernados do livro de francês do professor Carlos Lessa; preço7$000 cada.

Brazil, 1900s Gaensly PC, Sao Paulo – Casa Garraux

09/03/1888 (APSP)

Rita Candido Freire se encontra admitida à matrícula na Escola Normal.

 

24/03/1888(APSP)

Pedido de dispensa de exames para entrada na Escola Normal do sr.Arthur Eduardo dos Santos, por ser aluno da Faculdade de Direito.

28/ 29/03/1888    (APSP)

Publicação novamente do Edital supracitado para cargos de professor na EN em meses anteriores.

04/03/1888

Óbito assinado pelo  dr.Antonio Caetano de Campos.(nome ilegível do falecido)

Anúncios
Esse post foi publicado em A história da Escola Caetano de Campos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s