Modesto Carvalhosa presidente do Brasil

(Veja)

(wilma schiesari-legris)

Fazia tempo que queria escrever sobre o nosso colega caetanista, o doutor Modesto Carvalhosa; a oportunidade surgiu agora, escutando uma emissão matinal da rádio Jovem Pan, que aqui em Paris chega com 5 horas de diferença horária.

Em algumas palavras ouvi que haveria a possibilidade de termos um presidente limpo, saído da sociedade civil, caso houvesse uma eleição indireta e ele fosse acatado como candidato independente. Procurei  saber mais.

Revolução por revolução, o doutor Carvalhosa começou sua bela vida nascendo em 1932, quando São Paulo fazia a sua, por sinal constitucionalista,  e viveu muitos momentos de sua existência durante a passagem dos diversos tsunamis políticos  que quase destruíram o Brasil. O maior deles, o Tsunami atual, poderá, quiçá, leva-lo à presidência do Brasil SE houver um mea culpa generalizado no seio do Congresso e da Câmara brasileiros, evitando que se prolongue  a catástrofe ética e moral que corroi diariamente  a nossa reputação no mundo com os atuais politicos, sempre em rodízio nos seus  cargos que comunham com filhos, netos e parentes de toda ordem, quase em regime feudal!

Passando os olhos pelo que vai na imprensa, o jornal “Folha de São Paulo”, relata que houve uma reunião ocorrida no seu escritório, onde o dr. Hélio Bicudo e seus discípulos da Faculdade de Direito, estavam prestes a iniciar uma campanha para  a eleição indireta à presidência do Brasil, do novo « candidato » Carvalhosa,  caso Michel Miguel Elias Temer Lulia caia do trono.

Apesar de não ter filiação partidária, o que, segundo penso, já mostra um certificado de salvo conduto, o dr. Carvalhosa estaria diante de um impasse jurídico.

Segundo o Estadão, o  candidatura de Carvalhosa depende de uma definição pelo Supremo Tribunal Federal sobre a possibilidade de um nome da sociedade civil, que não tenha filiação partidária, disputar o cargo. “Se o STF e o mundo político vetar a minha candidatura, vamos lançar uma anticandidatura, uma candidatura de protesto para alertar a sociedade civil sobre a situação e legitimidade da nossa democracia.

Batalhador incansável, sem manchas no currículo, o dr. Modesto Carvalhosa sempre militou pela justiça e pela democracia e como chefe da Nação ele viabilizaria uma refundação da República convocando uma outra  constituição.

Cavaleiro da anticorrupção, o dr. Modesto Carvalhosa levantou bandeiras na Faculdade do Largo São Francisco  onde foi professor de Direito Comercial,  lutou pelos direitos humanos durante a repressão militar de 64, lançou o Livro negro da Corrupção sobre os escândalos da era Collor, participou   e agiu  na Comissão contra os Anões do Orçamento e e,  se não tivesse sido ele, o prédio d a Secretaria da Educação que abrigou o Instituto de Educação Caetano de Campos, de onde fora aluno,  teria sumido do mapa para dar lugar a um empreendimento imobiliário muito lucrativo ao então secretário e político, José Bonifácio, nos anos 70…

Ainda segundo o « Estadão, »  disse, Modesto Carvalhosa à « Revista Isto é »  que colocava o « seu nome para cumprir essa travessia que vai da saída do atual presidente às eleições diretas de 2018”.

 

A mesma revista publicou as seguintes linhas, que transponho abaixo :

« Carvalhosa afirma que, como presidente, teria como prioridade garantir a aprovação das reformas trabalhistas, previdenciária e tributária. Mas a principal bandeira de Carvalhosa e do grupo que o apoia é criar as condições para uma nova Assembleia Constituinte.”

O jornal ainda citou fala do ex-ministro José Carlos Dias.:

 “É chegado o momento de refundarmos esse País. E a única forma é através de uma nova Constituição”.

Entre as propostas do grupo para um nova Constituição estão a eliminação do foro privilegiado, o voto distrital puro, o estabelecimento do regime de consulta, com referendo ou plebiscito, para qualquer matéria constitucional relevante, a eliminação do fundo partidário, entre outras. « (OESP)

Evidentemente que se mudando a constituição, poder-se-á dela subtrair todas as alíeas que impropriamente concederam privilégios à certas categorias em detrimento do bom funcionamento com ética e moral da sociedade.

Fora os Macunaímas e Peers Gynts ” herois  sem nenhum caráter »que invadiram o mundo do Brasil à Noruega;  acolhamos finalmente um homem que o tenha !

Paris, 26 de maio de 2017.

Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Modesto Carvalhosa presidente do Brasil

  1. CláudioSalvador Buono disse:

    APOIO O DR. CARVALHOSA EM QUALQUER OCASIÃO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s