Marian Battistella

Com base no legendário caso  Le vinaigre des quatre voleurs. (L’aceto dei quattro ladri; Four Thieves Vinegar)

fr.wikipedia.org

(Conceito de Augusto E. de Souza Rossini,  Ex-Promotor de Justiça, Professor e Diretor de Cursos Jurídicos em Universidade de São Paulosobre  esse  poema:    “lindo,  inteligente”.)

     O  VINAGRE DOS QUATRO LADRÕES

        De malfeitores…a  benfeitores.

                 (Quatro Quartetos)

Salvação provém não apenas de esperança,

mas da certeza dos  princípios ativos

de certas ervas que merecem  confiança,

preciosas por seus efeitos curativos.

.

Em Toulouse, cidade  francesa assolada

por terrível peste, quatro homens roubavam,

imunizados contra a praga alastrada,

saqueando os bens até dos que tombavam.

.

Foram presos e morreriam enforcados,

porém, lhes foi garantida a liberdade

se expusessem por que não eram afetados

pelos sintomas da temível calamidade.

Com macerados de aromáticas ervas,

inclusa a sálvia, disseram os malfeitores

que se ungiam e ingeriam tais conservas,

vinagre salvífico que erradica as dores.

Esse post foi publicado em Expressão livre: textos dos leitores. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Marian Battistella

  1. Cláudio Salvador Buono disse:

    Marian , tento responder e.mail e msg que me mandou mas volta , como não encontrado. Poderia me fornecer para eu te responder sobre as belas TROVAS SOBRE A SOVINICE… ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s