Avenida São Luís…

L’image contient peut-être : ciel et plein air(facebook – Mônica De Toledo E Silva Spegiorin a partagé la photo de José Armenio Brito Cruz)

(wilma schiesari-legris)

Palmeiras imperiais no primeiro-plano; calçada fornida de jacarandás cerrados; via estreita esperando o rasgo sobre as mansões suiças à vista dos demolidores.  Lá, no ponto-de-fuga deslocado pelo progresso da estética fotográfica, a Escola Normal Da Praça; de fundos, fazendo face ao projeto da construtora Armando Maia Lello, com seus edifícios neo-clássicos, o primeiro deles já terminado…

Ainda não havia o fálico edifício Itália, mas o casarão do Circolo Italiano, estava dando “adio” aos seus jardins empalmeirados;  nem o edifício Eifell, do Oscar Niemeyer, onde se instalou a Breda Turismo no térreo e o Juca Chaves num dos cobiçados apartamentos, estava ainda ali …

Prestes Maia tinha seu escritório e, provavelmente carta branca para apagar tudo: começou destruindo o Ginásio de Esportes e o Pavilhão do Jardim da Infância na Escola Normal e todo o espaço paisagístico em volta porque a rua São Luiz (com “Z”) era era estreita e precisava ser alargada e continuada por trás do prédio palacial de Ramos de Azevedo. ( deixe-me chorar…)

Levi Strauss achava que São Paulo era uma cidade que nunca ficaria pronta: sobre o que  foi construído em pau a pique, em taipa, vinha a picareta, a pá e a pá de cal; em cima do que se ergueu  em pedra, ferro, tijolo e cimento, a bola rompedora; nos edifícios de cimento armado, de concreto, evidenciou-se a implosão!

De tudo o que o ano de 1939 deixou aos pedaços na área em questão, sobrou a nossa Escola, truncada pelas trazeiras, amputada dos jardins nas laterais e na  dianteira.

Essa história entrou por uma porta e saiu pela outra…

Quem quiser que construa outra!

Para completar o seu conhecimento, leia: http://www.historiaspaulistanas.com.br/index.php/avenida-sao-luis/

Breve história da Avenida São Luís

Anúncios
Esse post foi publicado em Fotos. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Avenida São Luís…

  1. Linda foto da Rua de São Luís. Tudo indica que tenha sido tirada do alto da Biblioteca Municipal, inaugurada em janeiro de 1942. A chapa, portanto, terá sido batida pouco depois dessa data, antes da construção de arranha-céus na rua que, de lá pra cá, se tornou “avenida”.

  2. Lamentável a nossa capacidade de destruir, em nome de algo maior como o progresso, as coisas que são verdadeiramente maior.

  3. O casarão da direita deve ser o Laboratório Paulista de Biologia.

  4. Queridos tres: lembram-se dos lemas “São Paulo não pode parar” e ” São Paulo, a cidade que mais cresce no mundo”?

    Que arrogância a dos homens de não porem LIMITES às suas ambições…
    Vemos os resultados aqui e agora, hoje, e podemos projetar outros para o amanhã, no Brasil e em qualquer outro lugar do mundo, graças as ilimitadas ambições pessoais, de classe ou de território dos detentores do poder e de seus seguidores..
    Abraços friorentos, wilma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s